O QUE INTERESSA A PARAÍBA?

João Marcelo Alves Macêdo*

No início do processo eleitoral enumerei pontos que nossos políticos deveriam debater, no entanto viu-se mais acusações do que realmente propostas. Sabemos que 2015 será um ano complexo e difícil, do ponto de vista de recursos, teremos ainda a quebra de braço pelo orçamento impositivo e sem que nossa banca se una, não deveremos vislumbrar, mesmo depois da tempestade um céu de brigadeiro.

Diante desses problemas a serem enfrentados com destemor por nossos representantes, mais uma vez elencamos alguns pontos que, em nossa opinião, devem permear o debate desenvolvimentista nesse 2015. A saber:

1. AEROPORTO: Ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Castro Pinto, bem como a instalação do equipamento ILS (que permite pouso por instrumentos);

2. BR 230: Criação da 3a faixa Cabedelo-JPA, Duplicação de Campina Grande até Cajazeiras;

3. Ponte ligando JPA/Lucena – Promovendo a definitiva integração do Litoral Norte e possibilitando um novo caminho para o turismo;
4. Porto de Águas Profundas, Ampliação do Porto de Cabedelo ou o Porto Privado (proposta da Seaport);

5. Investimento forte em capacitação profissional, na vocação tecnológica e na melhoria do ensino público do Estado, visando aproveitar as oportunidades do nosso entorno, aqui as escolas técnicas são importante iniciativa;

6. Infraestrutura para melhoria de produção nos APL's do Estado, ex.: Polo de Redes de São Bento, Calçadista, Têxtil, Leiteiro, Turismo Rural e Gastronômico, Caprinocultura, Frutas Cítricas, e tantos outros;

7. Porto Seco de Campina Grande;

8. Criação de uma alternativa viável a industrialização do Sertão, com fortalecimento de pontos importantes, Laticínios, Sabão, Calçados, Têxtil e outros;

9. Incentivos ao turismo local/eventos com polos de investimento, ex: Caminhos do Frio, Festa do Bode Rei, São João, Litoral e tantos outros;

10. Apoio a atividade rural (Agricultura, Pecuária e etc), com Assistência Técnica, Pesquisa Agropecuária (Emater, Emepa, Embrapa e Universidades) e proteção (Defesa Agropecuária);

11. Melhoria da imagem do Estado perante a opinião nacional e mundial, campanhas de atração de investimentos e divulgação de potencialidades turísticas entre outras;

12. Trabalhar a inteligência e grupos especiais unindo as policias militar, civil e federal, para sanar os problemas com segurança, crime organizado e tráfico de drogas;

13. Revitalização da malha ferroviária estadual;

14. Na Paraíba temos várias cidades históricas, e não aproveitamos esse espaço para fomentar a cultura e a visitação interna, ou seja, o turismo interno no nosso estado;

15. Construção de um terminal de passageiros no Porto de Cabedelo para recebermos Navios tipo Cruzeiro e assim melhorar o fluxo de recurso trazidos pelo turismo;

16. Investimento pesado em Mobilidade Urbana, exemplos:

a) João Pessoa e região metropolitana, acesso a Cabedelo margeando o Rio Sanhauá/Paraíba ou mesmo a Linha do Trem;

b) Acesso secundário margeando o Jaguaribe;

 

Esses são alguns exemplos do que deveríamos ter projetos e buscar viabilizar se queremos um estado competitivo e que almeje atrair investimentos.

 

 

* Professor da UFPB e Presidente do Instituto UFPB de Desenvolvimento da Paraíba (IDEP/UFPB)

 

Add comment


Security code
Refresh